quarta-feira, 17 de agosto de 2011

TRABALHO ESCRAVO NÃO E SO NA ZARA

Com a polemica de ontem da Zara que foi ao ar no progama A Liga pela Band , sobre a fast fashion usar de trabalho escravo de bolivianos para confecção de suas peças , entre outras lojas que fazem o uso do mesmo , me perguntei , sera que vocês sabem mesmo como sao feitas suas roupas.


Então resolvi fazer esse post para esclarecer umas coisas qe o mundo da moda mostrado em revistas não mostra , a cadeia de produção de uma roupa , da criação a venda.


CRIAÇÃO :
Quando falo que sou estilista as pessoas acham lindo , que profissão maravilhosa e inspiradora , trabalhar no mundo fashion e glamuroso da moda . Ta senta ai Claudia , não e bem assim , a maioria das marcas principalmente aqui em Gyn não valoriza o trabalho do design , não quer criações e sim copias tranformadas, a maioria paga muito mal e exigi que o design faça tudo , vitrine , marketing , tudo mesmo , se precisar ate senta na maquina de costura.




O  e um absurdo ja que a criação do design e que gera lucro a marca e na maioria grandes lucros , ja trabalhei em empresas aqui por miseros 800$ das 7h as 17 h , e ela lucrava mais de 200mil por mes e não podia dar um aumento acreditam , sim acreditem.


PRODUÇÃO:
Depois que o design desenha a peça a ser confcionada ela e levada para uma modelista traçar o molde e apos para uma pilotista que ira costurar a primeira peça , onde sera verificado os defeitos e ajustes na roupa , essas duas profissionais são as mais bem pagas nesse processo de confecção , uma modelista pode ganhar de 2 mil a10mil depende da marca e assim tambem a pilotista.




Apos a peça ser aprovada ela e encaminhada para o corte e geralmente para pequenas facções , e ai que o bicho pega , essas facções recebem depedendo da peça de 0,20$ centavos a 10$ reais quando bem pagas , tem uma pressão enorme para entrega rapida , a maioria são informais , não ganham mal , algumas ate lucram bastante , conheço varias da Hering por exemplo no interior do estado que recebem 1$ por peça , naquela regata de ribana que pagamos mais de 30$ no shopping, pois e imagina o lucro.






Por isso quando vou numa fast fashion ou loja qualquer sempre olho o custo da peça e vejo se vale a pena paga tão caro nela , e a maioria não bem feita , por exemplo as roupas da zara pra quem entede de acabamento são pessimas , a maioria sem forro e de acabamento bem ruim , mas você compra o status da marca neh , por isso so compro mais em liquidações e brechos ou faço a maioria das minhas roupas.


Aqui no atelie trabalho com uma costureira em particular e quem quiser pode liga pra ela , alem de receber muito bem ajudo sempre que posso ja que como e terceirizada não da pra assinar carteira , mas de cada roupa que vocês veem aki ela recebe de 20$ a 150$ depende do modelo.


Então parem de se enganar meninas todas as marcas fazem isso nunca aquela peça que você paga custou mais de 50$ acreditem em mim  a maioria não sai nem por 10$ pra elas , então calculem o custo beneficio , infelizmente e um ciclo de produção que nao ira acabar tão cedo , tenham conciencia na hora de comprar então.

4 comentários:

Giovanna Batista disse...

Parabéns pelo post Jú! É isso aí! VOu até divulgar pra vc!!!!

Cherrydolll - Cherryland disse...

Adorei a postagem, também! Arrasou ju!

Estilo Goiano disse...

Parabéns pelo post! É um absurdo o que acontece por trás do "mundo da moda".
bjos Jú e sucesso com o seu ateliê!!
Léa Fortunato

Bianca disse...

adorei o post!
muito informativo!
é um absurdo e no final, a impressão que fica é que querem lesar PRINCIPALMENTE nós, as consumidoras finais... não é?
um beijo, Bia - http://solimda.blogspot.com/